Esportes de Aventura e Noticias da cidade de Socorro-SP e regiao do Circuito das Aguas

Acquaride

No início era apenas uma brincadeira de garotos ousados, que se aventuravam nas corredeiras de rios usando câmaras de pneus de caminhão. Mas o número de adeptos do bóia cross aumentou, provocando o desenvolvimento de equipamentos específicos, que facilitam as manobras. A câmara de ar agora é revestida por uma capa com alças de segurança. Para remar, usam-se os próprios braços, com uma luva especial que auxilia os movimentos, tornando as bóias dirigíveis. Essa versão mais desenvolvida do bóia-cross é denominada acquaride.

 

 

O praticante pode descer as corredeiras sentado na bóia ou de peito sobre ela. A melhor opção é ir deitado de bruços, mais fácil para remar e direcionar a câmara de ar, desviando de pedras. Assim como no rafting, no bóia-cross é necessário informar-se sobre a classificação das corredeiras dos rios.

 

Risco: afogamento ( em situações extremas) e contusões;

 

Você precisa: condicionamento físico médio, saber nadar e treinamento básico de um dia.

 

O que levar:  as operadoras costumam fornecer o equipamento necessário: bóia, luvas mão-de-pato, capacete, joelheiras, tornozeleiras, colete salva-vidas e roupa de neoprene. É necessário usar tênis para evitar cortes nos pés.


Switch to our mobile site